sábado, 24 de setembro de 2011


"Poema"
Além das sombras...
Que vão descendo...
Tudo envolvendo...
Na escuridão.
Eu vejo a gloria...
Do sol nascente...
Resplandescente...
No seu clarão.
Não pode a noite...
Por mais sombria...
A luz do dia toda esconder.
Após as as trevas...
Vem triunfante...
O sol brilhante...
Do amanhecer.
Assim as sombras...
Não permanecem...
Quando escurecem o nosso olhar.
No planto amargo...
Que as dores trazem...
E a muitos fazem...
Desanimar.
Se a noite é longa nos teus caminhos...
E se os espinhos vem te ferir.
Não desanimes...
Ó alma triste...
Um sol existe e vai surgir.
Jesus não tarda...
A sua vinda, um  pouco ainda e o verás.

As sombras fogem com  seus terrores...
E suas dores não voltam mais.
Autora Maria José

Nenhum comentário:

Postar um comentário