quinta-feira, 29 de setembro de 2011

“Dura Saudade” Poesia






Já não sei mais quem sou...

Não ei mais quem tu és...

Só sei que te amei loucamente.

Perdi-me num mar de ilusões...

Até hoje não me enconterei.

Passei por dias turbulentos...

Andei contra o vento.
Por noites estreladas, vivi o mais lindo e profundo sonho...

Acordei na mais triste e longa estrada.

Não sei qual é a razão do amor...
Nem tenho a noção de nada, esperei a mais precisa flor...

Só encontrei espinho e dor.
Não econtrei luz, andei na escuridão do meu sofrimento...

Percorri sua alma embriaguei-me no calice do seu amor.

Depois de viajar no tempo acordei só com o perfume...

Da flor e a lembrança do seu amor.

Mesmo assim fiquei com a dura saudade...

De um dia que nunca chegou.

Autora Maria José

Nenhum comentário:

Postar um comentário