domingo, 1 de julho de 2012

"Poema" "Selo de Lagrima"



Selo de lagrimas” Poema
Uma carta de amor eu recebi...
Uma carta de amor eu redigi...
Enviada com selos de lagrimas...
Para alguém que eu conheci.
Um amor tão lindo nasceu entre você e eu...
Mas no seu coração, esse amor tão grande morreu.
Já não sei mais quem sou, nem mesmo quem tu és.
Só sei que te amei loucamente.
Perdi-me num mar de ilusões...
Até hoje não me encontrei.
Passei por dias turbulentos, andando contra o vento.
Por noites estreladas, vivi o mais lindo e profundo sonho...
Acordei na mais triste e longa estrada.
                                  Não sei qual é a razão do amor...
Nem tenho a noção de nada, esperei a mais precisa flor...
Só encontrei espinho e dor.
Não encontrei luz, andei na escuridão, do meu sofrimento...
Percorri sua alma embriaguei-me, no cálice do seu amor.
Depois de viajar no tempo, acordei só com o perfume...
Da flor e a lembrança de um grande amor.

Autora Maria José

Nenhum comentário:

Postar um comentário